Semeando Esperança


31/10/2012 – Conhecer x Caminhar
31/10/2012, 1:51 pm
Filed under: Semanal

Há alguns dias, minha mãe precisava levar minha avó ao médico em um local que ela não conhecia. Abri o Google Maps, mostrei o caminho todo, inclusive entrei no Street View para mostrar as fotos do local para que ela se localizasse. Neste momento, ela conhecia o caminho. Porém, ao fazer o trajeto no dia, depois de uma curva errada aqui e uma falta de atenção ali, ela acabou não conseguindo chegar de primeira no lugar. Após algumas idas e vindas, ela se encontrou e conseguiu chegar em tempo para a consulta.

Nesta situação, me lembrei de uma cena do filme Matrix. Morpheus (personagem interpretado por Lawrence Fishburn) explica para Neo (Keanu Reeves) como o mundo real funciona e o oferece a oportunidade de ver com os próprios olhos esta realidade. Ao terminar sua oferta, ele diz uma frase interessante: “Você deve aprender a diferença entre conhecer o caminho e andar pelo caminho.” Apesar de ser uma obra de ficção, o ensinamento passado é válido e se aplica claramente à nossa vida em relação a Deus.

Da mesma forma que para a minha mãe houve uma grande diferença entre ver o mapa na internet e depois dirigir pelo caminho, há também uma grande diferença entre “Conhecer a Cristo” e “caminhar com Cristo” ou “conhecer a palavra” e “viver pela palavra”. Na reflexão desta semana, quero abordar um pouco sobre esta questão.

1) Conhecer é necessário, mas não o bastante

Algo que quero frisar logo de cara é que de forma alguma temos que abrir mão do conhecimento para viver diretamente. Agir sem conhecer, falar sem pensar, viver sem conhecer são receitas para diversas frustrações e falhas. São muitos os casos que podemos observar de pessoas que tentaram “aprender fazendo” e acabaram quebrando a cabeça e sofrendo muito para perceber as coisas que o conhecimento prévio teria explicado. Essa visão de “não conhecer e ir fazendo” é bem evidente na proliferação de igrejas evangélicas que vemos pelas nossas cidades. Cada esquina tem uma nova, algumas com nomes absurdos, com líderes sem algum preparo, alegando que “foi a vontade de Deus” que o levou a abrir a igreja. Como podem pregar sobre um Deus quando nem conhecem de fato a sua palavra?

Conhecer a Deus é algo que nos é sugerido diversas vezes na Bíblia. Oséias nos diz duas vezes sobre isso, dizendo que devemos não apenas conhecer o Senhor, mas também “nos esforçarmos para conhecê-Lo” (Oséias 6:3). Além disso, o profeta também diz que o que Deus procura é que “O conheçamos ao invés de sacrificarmos” (Oséias 6:6). Como cristãos, temos o dever de conhecer a Deus e, para isso, temos que ler a Bíblia, orar, buscá-Lo e adorá-Lo.

Conhecer é necessário/importante por dois motivos:

a) O conhecimento nos prepara para a experiência

b) O conhecimento nos mantem firmes no decorrer da vida

Mas apenas ter conhecimento sobre algo (ou alguém), não quer dizer que você realmente saiba ou conheça o que ou quem é. Você pode ler uma receita de um bolo, saber todos os ingredientes e preparo – mas enquanto não comer o bolo, não vai saber qual é o verdadeiro gosto. Você pode ler notícias e a biografia de um artista ou celebridade, mas isso definitivamente não quer dizer que você o conhece.

Ter conhecimento tampouco significa que ter conhecimento é certeza de sucesso – se não agirmos em conformidade com o que conhecemos, não temos como ter sucesso. Há uma passagem no livro de Judas 1:5-6 (não o Iscariotes), o último livro antes do Apocalipse que relata isto. Abaixo transcrevo a passagem, colocando entre parênteses os meus comentários:

“Embora vocês já tenham conhecimento de tudo isso (CONHECER), quero lembrar-lhes que o Senhor libertou um povo do Egito mas, posteriormente, destruiu os que não creram (O POVO CONHECIA MAS NÃO VIVIA CONFORME AS ORDENS DE DEUS. POR CONSEQUÊNCIA, FORAM DESTRUÍDOS).

E aos anjos (CONHECIAM A DEUS POIS HABITAVAM COM ELE) que não conservaram suas posições de autoridade mas abandonaram sua própria morada (NÃO VIVERAM CONFORME O CONHECIMENTO), ele os tem guardado em trevas, presos com correntes eternas para o juízo do grande Dia.”

Podemos também destacar a passagem em que Jesus é tentado pelo diabo no deserto – Satanás usa passagens da palavra de Deus para tentar a Cristo, e apenas o faz porque sabe quem Jesus é. Ou seja, conhecer a palavra e conhecer a Jesus até o diabo conhece.

Ter o conhecimento e não vivê-lo não é o bastante nem para os homens, nem para os anjos.

2) “Navegar é preciso…”

A frase eternizada por Fernando Pessoa nos traz uma realidade que temos que viver. Não adianta apenas conhecer/estudar/ouvir falar dos mares, mas temos que estar dispostos a navegar por eles para realmente termos uma experiência verdadeira. Apenas quando colocamos o nosso conhecimento em prática é quando começamos a ver os frutos daquilo que aprendemos. Como vemos no Salmos 128:1, “feliz é quem teme ao Senhor, quem anda em seus caminhos!” Não apenas temer / conhecer a Deus, mas temos que caminhar pelos seus caminhos.

a) A caminhada revela a nossa natureza

Em Oséias 14:9, o profeta nos diz que “os caminhos do Senhor são justos; os justos andam neles, mas os rebeldes neles tropeçam.” Apenas os que começam a caminhar é que são capazes de perceber se o que eles tem de conhecimento reflete no que ele vive. Podemos saber o que é certo, mas mesmo assim “andar” de forma errada!

b) A caminhada nos aproxima dos irmãos

Acho que cada um dos que estão lendo este texto podem afirmar que, em algum momento da vida, estudou em alguma escola. Da mesma forma, todos também podem dizer que estudaram com pessoas por vários meses ou anos, mas nunca tiveram contato ou conheceram de fato. Ou seja, apenas ter o mesmo conhecimento, não quer dizer que você de fato conhece alguém.

Agora pense nas pessoas com as quais você fez trabalho em grupo, que saiu para comer uma pizza? Destas você lembra, não? Como está escrito em Amós 3:3, “duas pessoas andarão juntas se não tiverem de acordo?” A única forma de realmente nos aproximarmos de alguém, seja um amigo, um familiar ou Jesus, é optando por caminhar com ela, não apenas ter o mesmo conhecimento.

c) A caminhada é como conhecemos a Deus

A história de Jó é muito conhecida não apenas por cristãos. A expressão “paciência de Jó”, usada para se referir a uma pessoa que possui muita paciência é um exemplo disso. Mas há algo na história dele que se encaixa na nossa reflexão de hoje. Jó era conhecido como um homem temente à Deus, tanto que foi por este motivo que foi provado. Porém após o período de sua provação em que brigou com os amigos, amaldiçoou seu nascimento e foi discutir com Deus, ele percebeu uma coisa que nos é relatado em Jó 42:5: “Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram.”

Mesmo sendo abençoado, mesmo oferecendo sacrifícios e temendo a Deus, Jó percebeu que ele fazia tudo aquilo apenas como alguém que havia “ouvido falar” de um Deus. Mas com o passar da provação, com a caminhada, ele passou a conhecer a Deus por quem Ele realmente é. Isto me lembra de um hino que cantávamos na igreja em minha adolescência que começava com a seguinte frase: “Antes Te conhecia de ouvir falar, mas agora de contigo andar.”

A minha oração é que hoje possamos levar o nosso conhecimento cativo à Deus (II Corintios 10:5), levantarmos nossas almas à Deus e questionar o caminho que devemos seguir (Salmo 143:8) e caminhar com convicção até atingirmos o alvo (Filipenses 3:13-14). Que na nossa alma seja desperto o anseio de conhecer a Deus da mesma forma que Ele nos conhece pois assim iremos buscar sempre caminharmos com Ele.

Adhemar de Campos – Antes eu te conhecia

 


2 Comments so far
Leave a comment

[…] Lembrando que não basta conhecer, é preciso viver. […]

Pingback by Questões iniciais - Paulo Petersen

[…] pelo caminho”, como dito por Morpheus no filme Matrix – discutimos este ponto na reflexão “Conhecer x Caminhar”. Há um trecho de um hino antigo que exemplifica isso: “Antes te conhecia de ouvir falar, mas […]

Pingback by 18/08/2014 – Jacó e o Deus de seu pai | Semeando Esperança




Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: