Semeando Esperança


12/12/2011 – Sacrifício de tolo
12/12/2011, 2:53 pm
Filed under: Semanal

Uma das maiores barreiras que existem hoje para igreja cristã é a de quebrar o estigma de “exploradora” no âmbito financeiro. As pregações e apelos contínuos de ofertas e contribuições, aliada às promessas de recompensas proporcionais ao valor ofertado fazem com que as pessoas de fora não queiram conhecer as igrejas e as que estão dentro se sintam presos, coagidos ou até impelidos a saírem / abandonarem a fé.

Nas ocasiões em que ofertas e dízimos são mencionados na Bíblia, o propósito principal desta reunião de valores é para o sustento da casa e da obra de Deus – como está escrito na passagem de Malaquias 3:10, “trazei os dízimos e ofertas para que haja mantimento na casa de Deus”. Tanto isso é verdade que em Êxodo 36:6, Moisés diz para o povo parar de trazer ofertas, pois já era bastante o que havia sido ofertado. Eu acredito que a pessoa que acredita em Cristo e na obra de Deus na Terra, se compromete totalmente, inclusive com os recursos financeiros. Não para “enriquecer pastores”, mas para que as contas sejam pagas, projetos sociais financiados e para sustento dos que abriram mão das carreiras seculares para trabalharam integralmente na obra. Não se trata do valor absoluto, mas sim do compromisso que você demonstra ao contribuir.

Infelizmente, com os inúmeros escândalos ocorridos e os abusos dos auto-intitulados líderes espirituais, o fiel tem se sentido reticente ao ofertar e dizimar. A atuação de um grupo de gananciosos tem feito com que os cristãos fujam da obediência à palavra de Deus. Como está escrito em Tito 1:11 – “homens que transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância”. Estes “pastores” ainda coagem os seguidores a ofertar, ameaçando que sem as contribuições, eles não receberão as bençãos de Deus e, ainda pior, que estarão sujeitos às maldições e ataques do inimigo. Vociferam dos seus púlpitos ao usarem seus ternos de 10,000 reais que “se você não sacrificar, não terá o melhor de Deus” e depois partem em seus jatinhos particulares. São as pessoas que convenientemente esquecem a palavra de Deus, como vemos em Mateus 12:7 que diz que “se vós soubésseis o que significa: misericórdia quero e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes” e também em Lucas 12:15, “acautelai-vos e guardai-vos da ganância; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.”

Em Êxodo 35:21, vemos que as ofertas trazidas pelo povo eram sempre com o coração voluntário. Em II Coríntios 9:7, Paulo diz que devemos contribuir conforme segundo o nosso coração. Portanto, este tipo de oferta de sacrifício com valor estipulado, assumido por apelo emotivo ou feito forçosamente, sem que haja um coração voluntário, ou que é feito visando recompensa e/ou status é o chamado sacrifício de tolo. Não devemos acreditar que nosso dinheiro irá de alguma forma nos comprar favorecimento com Deus, da mesma forma que tem comprado com os homens. Em Atos 8:18-24, vemos relatada a história de Simão que tentou comprar de Pedro os donos de imposição de mãos. Pedro responde em duas partes, a primeira no versículo 20, “o teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro” e depois no versículo 22, “arrepende-te, pois, dessa tua iniqüidade, e ora a Deus, para que porventura te seja perdoado o pensamento do teu coração”.

Sejam os líderes ou os liderados que possuem este comportamento descrito acima, se encaixam no perfil de pessoa que está descrita em Romanos 2:24: “o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por causa de vós”. Que tenhamos em nossa mente a convicção de que, enquanto as ofertas e dízimo fazem parte do compromisso e da vida cristã, o sacrifício que Deus exige de nós são os espirituais (I Pedro 2:5) e que Ele busca um coração contrito e espírito disposto (Salmo 51:17). Como vemos em Joel 2:13, “não rasguem suas vestes (ou seus bolsos), rasgue os seus corações.”

Deus não nos olha através de cifras e valores, portanto não devemos achar que o oposto deve ser feito. Se você procura um investimento com retorno financeiro garantido, você não está buscando a Deus.


Leave a Comment so far
Leave a comment



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: