Semeando Esperança


13/10/2010 – Derrotas temporárias
13/10/2010, 6:42 pm
Filed under: Semanal

Há um ditado popular que diz: “Não se pode ganhar todas”. E, ao contrário do que se diz em algumas igrejas, isto é verdade. Ouço alguns líderes religiosos exclamando argumentos de que o verdadeiro cristão nunca é derrotado, nunca se entristece e nunca tem dúvidas. A verdade é que estas três características são inerentes a qualquer cristão, porque o próprio Cristo passou por elas – ele se entristeceu quando chegou para visitar Lázaro e também quando estava no Getsêmani, teve dúvidas quando pediu ao Pai que passasse dEle o cálice e foi derrotado quando foi crucificado. A diferença é que para os que confiam em Deus, a história nunca acaba em derrota. Jesus ressuscitou Lázaro e foi ressuscitado pelo Pai, recebendo autoridade sobre tudo e todos. A derrota para os que creem em Jesus é temporária.

Daniel lançado na cova dos leões (Daniel 6:16-28), mas foi liberto, justificado e atuou como um dos presidentes do império persa. Sansão aprisionado pelos filisteus (Juízes 15:12), para depois derrotá-los ao derrubar o templo de Dagom. José que foi caluniado e preso (Genesis 39:20), sendo erguido a vice-rei do Egito, o maior império da época. Na visão humana, estes três haviam chegado a um estado do qual não havia solução, cuja única saída natural seria a morte. Mas, mesmo no caso de Sansão que resultou em sua morte, houve um triunfo final – motivo pelo qual é lembrado como um dos maiores juízes de Israel.

Os casos não se resumem apenas aos relatos da Bíblia – todos se lembram de Nelson Mandela que ficou preso por muito anos até ser libertado e ver o Apartheid ter fim na África do Sul. Martir Luther King, um dos principais defensores da igualdade racial, que assim como muitos outros, morreram antes de ver os avanços da luta contra a segregação racial. As derrotas temporárias permeiam o dia a dia do ser humano, mas nem mesmo o fim da vida é o bastante para impedir que os seus esforços e exemplos sejam responsáveis pela vitória no porvir.

Citando mais alguns casos da Bíblia, pode-se ainda lembrar de Davi perseguido por Saul (I Samuel 21), Estevão apedrejado (Mateus 10), Paulo e Silas na prisão (Atos 16). Todos são casos de derrotas temporárias – Davi se tornou rei, Estevão foi recebido por Deus e Paulo e Silas foram libertos para continuarem a sua obra. Mas, o exemplo máximo de derrota temporária que se pode citar, é o de Jó. Um homem que tinha tudo – posses, família e amigos – foi destituído de tudo, inclusive sua saúde. Manteve-se firme em sua fé e recebeu de Deus o dobro do que tinha (Jó 42:1-12). Antes de receber de Deus a restituição, ele disse uma frase que resume o que nós temos que ter em mente. Está escrito em Jó 19:25 – “Eu sei que meu Redentor vive e que no final, Ele se levantará”.

A mensagem que Deus quer que vejamos é que não há derrotas permanentes em nossa vidas quando nosso coração está debaixo da vontade de Deus. Todos já passamos por momentos de derrota em nossas vidas – talvez você esteja enfrentando um agora. Não conseguindo melhorar a postura, sempre cometendo os mesmos erros, decepcionando amigos e família, sentindo-se impotente e desesperançoso perante a realidade que criamos com nossos próprios erros. Ou quem sabe o seu caso é porque não consegue ajudar um familiar ou amigo em necessidade. Independente de qual seja a derrota temporária, temos que manter firmes a nossa fé na palavra de Deus que diz:

– O choro dura uma noite, mas a alegria vem no amanhecer. (Salmos 30:5)
– Porei um caminho no deserto e rios no local seco. (Isaías 43.19)
– Aquele que crê em mim, mesmo que esteja morto, viverá. (João 11:25)

Assim como todos os que foram mencionados nesse texto, mesmo que estejamos em um momento de derrota, saibam que é um momento temporário. Que logo iremos chegar à vitória, ao local onde Deus quer que estejamos. Que possamos entender e que o que Jesus disse em João 16:33 possa criar raízes em nossos corações – “No mundo tereis aflições (derrotas temporárias), mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.


1 Comment so far
Leave a comment

[…] no texto Derrotas Temporárias que os reveses que enfrentamos são passageiros quando estamos em Deus. Mas não temos essa […]

Pingback by 15/08/2012 – Caminhar e Perseverar « Semeando Esperança




Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: