Semeando Esperança


20/04/2010 – Certezas e Incertezas (Parte 2 de 2)
20/04/2010, 8:13 pm
Filed under: Semanal

A segunda parte do texto fala sobre as incertezas da vida, ou como eu exponho no decorrer do texto as “certezas negativas”. Assim, o estudo sobre as certezas humanas é concluído.

Sobre a data de envio, como amanhã é feriado, optei por adiar o envio para terça. Recebi também alguns comentários sobre a extensão dos textos – caso estejam muito longos, por favor me avisem para que eu possa fazer algo mais enxuto.

—————
1 – Não há saída
Essa é uma das incertezas ou “certezas negativas” que o homem tem a tendência de dizer quando se depara em uma situação muito adversa a ponto de que os olhos humanos não enxerga um modo viável de sair dela. Existem dois modos de se encontrar sem saída: quando se está preso ou quando nos deparamos com um obstáculo intransponível. A Bíblia nos relata algumas situações em que os heróis da fé tiveram que enfrentar essa situação, e mais uma vez o poder de Deus se revelou sem fronteiras ou limites.
Em um dos exemplos, relatado em Josué 6, é o caso das muralhas de Jericó. O povo de Israel se encontrava em um ambiente sem saída, não havia mais como avançar além das muralhas. Mas o Senhor já havia dito que tinha dado a terra nas mãos do seu povo. Apesar de parecer loucura aos homens, eles agiram conforme a palavra de Deus ordenara, cercando a cidade e gritando quando as trombetas soassem. As muralhas vieram ao chão, e o povo avançou além da situação sem saída.
No outro exemplo, temos Paulo e Silas, presos em nome de Cristo. Ambos estavam encarcerados, não havia saída de dentro da prisão, como nos relata Atos 16:19-26. Mesmo açoitados, feridos e presos, os corações ainda permaneceram livres, e entoavam louvores a Deus. Perto da meia-noite, enquanto louvavam a Deus, “de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos” (v.26 ). Mesmo livres não fugiram, antes falaram do amor de Deus aos outros presos e soldados.
Isso tudo nos serve para mostrar que, mesmo que não vejamos saída para os nossos corpos, para a nossa vida nessa Terra, se os nossos corações permanecerem na CERTEZA que há em Cristo Jesus, não há como prender as nossas vidas, sempre haverá saída, pois Ele é o Deus que nos livra de toda e qualquer prisão que tenta encarcerar as nossas almas.

SE NÃO HÁ SAÍDA, HÁ UM DEUS QUE ABRE AS PORTAS

2 – Não há vida
Essa é uma das afirmações que pode ser considerada irrefutável ao olhar humano. Uma vez que não há vida, nada podemos fazer para ir contra. Mas conforme vimos em uma das certezas anteriores, que Jesus destruiu todo domínio da morte sobre nós, podemos considerar que quando não há vida, ainda temos a Vida em Cristo.
Quando Ele morreu na cruz e ressuscitou, ele se torna herdeiro da palavra que está escrita em Jo.5:21 – “Pois, assim como o Pai levanta os mortos e lhes dá vida, assim também o Filho dá vida a quem ele quer”. Uma vez ressureto, o Filho também é capaz de dar vida a quem ele quer. E por ter morrido e levado sobre si todos os nossos pecados e aflições, Cristo deseja que todos nós recebamos vida dEle. Não somos dignos e muito menos justos para receber tal dádiva (Rm.3:10), mas mesmo assim Ele morreu por nós para que possamos, assim como Ele, escapar das garras da morte e viver uma vida eterna com Deus. Basta apenas aceitá-lo, Ele está a porta e bate (Ap.3:20), todos que invocá-Lo (Rm.10:13) serão salvos e constituídos filhos e co-herdeiros com Cristo (Jo.1:12).

PARA A FALTA DE VIDA, HÁ UM DEUS VIVO

3 – Não entendo
Talvez essa seja a (não) afirmação mais presente na sociedade nos dias de hoje. Os homens crescem na tendência da educação visual, sem tentar entender os “porquês”, apenas os fatos mostrados que importam. Desse modo criamos pessoas que cada vez mais não entendem os “porquês” das coisas da vida, e muito menos das coisas de Deus.
Essa situação é cômoda e freqüente, mas facilmente destruída por Deus, conforme está escrito em Sl.147:5 – “Grande é o nosso Senhor, e de grande poder; o seu entendimento é infinito”. O nosso Deus tem um entendimento infinito que, além de nos fazer entender as razões e as ocasiões da nossa vida na terra, ainda nos faz entender e buscar capacidade para entender as coisas dos Céus, as coisas que nos diferenciam e nos mostram como seres peregrinos nesse mundo.
Em Pv.28:5 – “Os homens maus não entendem o juízo, mas os que buscam ao SENHOR entendem tudo”, a Bíblia nos diz que os homens maus não entendem o juízo, não entendem a razão, mas os que se colocam na presença de Deus, entendem todas as coisas. Não há segredos, coisas ocultas ou problemas que não consigamos entender quando estamos com Cristo em nossas vidas.

PARA A FALTA DE ENTENDIMENTO, HÁ UM DEUS ONISCIENTE

4 – Não há esperança
A esperança é a última que morre. Esse é um famoso ditado popular e expressa uma das certezas mais firmes do homem. Mas e quando não há esperança? Provavelmente nesse momento todos os homens desistiriam e se entregariam, afinal, o que podemos fazer se não há esperança, não temos o que esperar? O que fazer quando o mundo inteiro nos mostra que aquilo que nós queremos ou buscamos não vai ter resultado?
Até a fé dos homens é baseada em esperança. Nós acreditamos em algo, quando esperamos ter o retorno das nossas preces. Logo, se não temos esperança, até as nossas preces são vãs. Mas a Bíblia nos mostra o exemplo de Abraão. Abraão recebeu a promessa do Senhor aos 99 anos quando seu nome foi mudado. Á visão de todos isso era impossível, um homem de idade tão avançada ter um filho, muito menos ser pai de uma grande nação. Mas ele não parou de crer e como diz em Rm.4:18 – “O qual, em esperança, creu contra a esperança, tanto que ele tornou-se pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência”, ele creu CONTRA a esperança e a promessa de Deus se cumpriu na sua vida.
Portanto se a sua certeza é que não há esperança, apesar de tudo ser incerto, você pode ter uma coisa por certo, apenas UMA. Se Deus falou, Ele cumpre. Independente de esperança, independente do fator humano. Quando Ele diz, podemos crer contra a esperança ou contra a falta dela.
No momento que cremos contra esperança, os nossos olhos também são renovados. Podemos ver isso com Elias em I Rs.18:44- “E sucedeu que, à sétima vez, disse: Eis aqui uma pequena nuvem, como a mão de um homem, subindo do mar. Então disse ele: Sobe, e dize a Acabe: Aparelha o teu carro, e desce, para que a chuva não te impeça”. Era apenas uma pequena nuvem, mas ele já via a chuva que estava por vir.
Do mesmo modo Eliseu quando disse em II Rs.6:16 – “E ele disse: Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles”! A visão normal mostrava um exército cercando, mas a visão de quem espera em Deus via os anjos prontos pra batalha.

PARA FALTA DE ESPERANÇA, HÁ A FÉ EM DEUS.

5 – Não sou / Não sei / Não posso
Definitivamente, essas três negações são fatores presentes nas nossas vidas diárias. O mundo e seu “rei” com muitos ataques e situações, coloca nas nossas mentes essa idéia da incapacidade ou insuficiência para fazer qualquer coisa ou tentar crescer como pessoa e SER alguém diferente.
Para o “não sou”, Deus já nos mostra em Mt.22:14 – “Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”, que nós SOMOS escolhidos, SOMOS salvos (Rm.10:13), SOMOS amados (Jo.3:16). Para o mundo, continuamos a “não ser”. Mas abaixo vemos que isso é ótimo para os que buscam a Deus.
Para o “não posso”, Deus nos diz em Fp.4:13 – “Posso todas as coisas naquEle que me fortalece”. No original, o versículo literalmente se traduz com: Posso todas as coisas porque Ele é a minha força. Tendo Deus como nossa força, aquEle que pode todas as coisas, não há nada que nos não é possível.
Para o todas as negações, abaixo temos uma mensagem que as derruba. Em I Co.1-26-28 – “Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias (NÃO SEI); e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes (NÃO POSSO); E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são (NÃO SOU)”.

Deus sempre preferiu os “tranqueiras”, os rejeitados, os “piores”. Davi formou um exército com os piores homens, os bandidos, desempregados, rejeitados, pobres. E com esse exército obteve muitas vitórias. Mas o exemplo mais completo, que destrói essas (in)certezas é o da vida de Gideão, que nos é relatada em Juizes 6.

Gideão era o MENOR da família, da MENOR tribo de Israel. Por isso, ele malhava trigo no lagar, o PIOR trabalho que havia para se fazer. Outros cuidavam dos estoques, proteção dos familiares. Gideão vivia em uma das PIORES situações que se pode imaginar, em uma cidade que sempre era invadida pelo exército dos midianitas que saqueavam suas plantações e assolavam as famílias. Um dia Deus o chamou para resgatar o povo. Gideão ajuntou um exército de 22 mil homens. Após a seleção proposta por Deus, sobraram 300 homens.
Do exército temos:

– o MENOR exército (300 homens);
– as PIORES armas(cântaros vazios, trombetas e tochas acesas);
– a MENOR chance de vitória.

Mas quando Deus escolhe, a vitória independe de como os humanos vêem. E como vemos no final, a vitória foi concedida ao povo de Deus. Mesmo sendo o pior, eles tinham o SENHOR DOS EXÉRCITOS (o maior General), o que possui as MELHORES armas, MELHORES estratégias (aquEle cujos pensamentos não podem ser esquadrinhados), MAIOR número de vitórias (INVICTO), MAIS forte e MAIS poderoso que os liderou para a MAIOR vitória.
Caso a sua incerteza seja essa, tenha por certo que se Deus é contigo e tenha por certo:

Para os menores, Deus é o MAIOR. Para os piores, Deus é o MELHOR.

Para os que não são, Deus É, FOI e SEMPRE SERÁ.


Leave a Comment so far
Leave a comment



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: