Semeando Esperança


28/09/2010 – Quando estou fraco, sou forte
28/09/2010, 6:49 pm
Filed under: Semanal

Há uma passagem interessante em Isaias 42:3. Está escrito que Deus “não quebrará a cana trincada e não apagará o pavio que fumega.” Isso que dizer que, mesmo que estejamos no final das forças (a cana trincada está quase quebrando e o pavio que fumega está quase apagado), ainda há esperança porque Deus não abre mão de nós. Como está escrito também em Jó 14:7-8, há esperança para a árvore cortada, mesmo que o seu tronco morrer, ao cheio das águas (na presença de Deus), brotarão novos ramos e florescerá.

Como tinha dito em outro texto, Deus sabe que somos fracos e trabalha em nossa fraqueza. Quando abrimos mão (mesmo que forçados) de confiarmos em nossas forças, abrimos espaço para o agir da força de Deus. Ao reconhecermos a nossa fraqueza adquirimos humildade. E é apenas sendo humilde que podemos aceitar a nossa dependência de Deus.

Na nossa fraqueza extrema é que vemos o agir e o cuidado de Deus por nós. Um exemplo claro desta afirmação é a vida do apóstolo Paulo. A fraqueza do homem como catalisador do poder de Deus é assunto recorrente nas cartas que ele enviou às igrejas. Em I Corintios 1:27, ele diz que Deus escolhe os fracos para confundir os que confiam na sua própria força. Paulo inclusive diz que sente alegria nas fraquezas (II Corintios 12:10), pois sabe que o poder de Deus se aperfeiçoa na nelas (II Corintios 12:9).

Um dos versos mais conhecidos da Bíblia está em Filipenses 4:13: “Tudo posso naquEle que me fortalece.” A versão original traduz-se como “posso fazer todas as coisas porque Deus é a minha força”. Esse versículo resume a idéia desta reflexão: quando Deus se torna a nossa força, aprendemos a reconhecer em Deus a origem dos nossos sucessos. Paulo também diz em II Corintios 12:10 uma frase que deve ser o lema daqueles que buscam e dependem de Deus: “Quando estou fraco, sou forte”. Quando vê em si a fraqueza que possui, Paulo reconhece que é o momento em que está mais forte, pois depende somente da força de Deus. Agindo desta forma, Sansão quando havia perdido suas forças e estava cego, recebeu do Senhor força para derrotar os seus inimigos. Do mesmo modo Davi, que era apenas um menino, pela força de Deus, com uma pedra derrotou o soldado mais forte dos filisteus. Eles perceberam que a força verdadeira é aquela que vem de Deus.

A visão do mundo é de que devemos sempre ser fortes, que nunca devemos demonstrar fraquezas. Mas para os que confiam em Deus, o único modo de realmente sermos fortes – sem que haja altos e baixos ou momentos de recaída – é aceitarmos a nossa fraqueza e dependermos da força de Deus. Se você está em uma situação em que não se tem mais forças – seja para mudar um comportamento, por se deparar por um caso sem solução ou por não conseguir recomeçar a trilhar seu caminho – lembre-se que em Deus, você encontra toda a força necessária para conseguir.

About these ads

1 Comment so far
Leave a comment

Amém, que lindo texto. Obrigado por compartilhar e que Deus o abençoe!

Comment by Bruno




Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: